FANDOM


Outras versões
ALERTA DE SPOILER: Detalhes do enredo a seguir. Aconselhamos atenção!
Eu sou seu melhor amigo. Você não precisa passar por isso sozinha

–Simon e sua natural vontade de ajudar, Salt in the Wound.

Simon Lewis é um Diurno, um tipo raro de vampiro capaz de andar no sol. Simon foi uma vez um mundano cuja vida mudou quando ele seguiu sua amiga de longa data Clary Fairchild em sua nova vida no Mundo das Sombras. Sua lealdade e sentimentos para Clary são testados enquanto ele luta junto a ela em uma jornada épica.

Biografia

Vida Pregressa

Simon é o único filho de sua mãe solteira Elaine e é o irmão de Rebecca. Em uma idade jovem, ele conheceu Clary e eles têm estado nas vidas uns dos outros desde então. Melhores amigos e inseparáveis, Simon acabou desenvolvendo sentimentos por ela, mas nunca chegou a lhe contar isto.[1]

Sendo o único filho em sua família, Simon é obrigado a realizar o desejo de sua mãe de que ele se torne um contador, apesar de querer perseguir uma carreira na música, Simon foi para a faculdade e se formou em contabilidade.[2] No entanto, Simon continuou a gastar seu tempo livre tocando em uma banda de duas pessoas junto de sua amiga, Maureen.

Mundo das Sombras

Após Clary desaparecer na noite de seu 18º aniversário, Simon procura freneticamente por ela. Apenas dois dias depois, quando ele finalmente foi capaz de localizá-la em uma igreja abandonada com o aplicativo "Find My Friends". Ele ficou surpreso ao encontrá-la com um homem tatuado estranho que era inicialmente invisível — primeira exposição real de Simon ao Mundo das Sombras. Simon tentou deixar Clary longe dele,[1] mas ela se recusou, muito a seu desânimo.

Clary insistiu em trazer Simon junto com ela. Com isso, o homem chamado Jace levou-o para o Instituto e guiou-o com uma runa para ver além do glamour. Simon foi então apresentado a Isabelle Lightwood, que o manteve distraído enquanto Jace levava Clary até Hodge.

Quando Clary precisou ir para a Cidade do Silêncio, onde Simon não podia entrar, Isabelle se ofereceu para ficar com ele lá fora e cuidar dele. Quando a dupla decidiu voltar para a sua van para ouvir a sua música, Isabelle ouviu um barulho e o deixou para investigar. Pouco depois, Simon foi sequestrado por um vampiro de dentro de sua própria van e foi mantido como refém, com Raphael dizendo aos seus amigos que Simon será devolvido em troca do Cálice Mortal.[2]

Durante seu tempo preso no Hotel Dumort, Simon foi acompanhado pela líder dos vampiros, Camille Belcourt. Enquanto estavam juntos, Simon foi colocado sob o poder do Encanto em suas tentativas de convencê-lo a dar-lhe a localização do Cálice Mortal. Ela eventualmente se alimentou dele e até mesmo lhe ofereceu sangue para beber. Clary e os outros logo vieram para salvá-lo.[3]

Nos dias que se seguiram ao seu resgate, Simon sentiu-se estranho e nervoso. Ele temia que estivesse se transformando em um vampiro — um efeito colateral comum de ter bebido sangue. Uma noite, ele voltou ao hotel, apenas para ser assustado por Raphael.[4] Ele retornou algum tempo depois. Desta vez, Camille o deixou entrar e assegurou-lhe que não estava se transformando em um vampiro — pelo menos, ele não teria se ele tivesse permanecido longe, antes que ela pudesse se alimentar dele e matá-lo.[5]

Raphael encontrou-o como um subjulgado — no estado de transição esperando para ser morto ou enterrado. Raphael entregou-o a Clary e aos outros no Instituto, deixando-a decidir o que fazer: enfiar uma estaca nele e matá-lo, ou ajudá-lo a se transformar. Clary finalmente decidiu trazê-lo de volta como um vampiro.[6]

Vida como Vampiro

Simon teve dificuldade em se adaptar a ser um vampiro — até mesmo à ideia disso. Ele não conseguia entender o pensamento de beber sangue voluntariamente, embora sua necessidade acabou por levá-lo a isso, e ele decidiu ficar em uma dieta de sangue animal. Além disso, temia ferir as pessoas que amava. Precisando de ajuda para se ajustar, Simon concordou em ficar no Hotel Dumort com o clã de Raphael, que Raphael por sua vez concordou, porque Simon servia como prova de que Camille quebrou Os Acordos e Transformou um mundano.[7] Como uma maneira de encobrir sua incapacidade de voltar para casa ou risco de ser descoberto, Simon disse à sua mãe que queria morar nos dormitórios de sua universidade.[8]

Simon começou a se adaptar lentamente a sua nova vida de vampiro. Ele permaneceu sendo uma constante na vida de Clary. Quando Clary precisou do Livro Branco e descobriu que Camille poderia dizer-lhes o seu paradeiro, Simon os ajudou a entrar furtivamente no hotel para chegar até Camille e até mesmo os ajudou a escapar, colocando-o em maus lençóis com o clã e perdendo sua direito de ficar no hotel. Quando Camille exigiu que Simon assinasse uma Escritura de Transmutação em troca de informações sobre o Livro, Simon concordou por causa de Clary.[9]

Sem lugar para ficar, Simon começou a ficar no Instituto antes de ser expulso pelo novo líder, Victor Aldertree. Luke ofereceu-lhe um lugar para ficar no Jade Wolf, mas Simon foi eventualmente forçado a sair de lá por outros lobisomens, que desprezavam os vampiros. Simon começou a ficar em um armazém de barcos do restaurante.[10]

Depois de um incidente em que um covil de vampiros estava se alimentando de mundanos — um ato ilegal e contra os Acordos — foi descoberto, Aldertree se encontrou com Simon, forçando-o a descobrir quem era responsável por iniciar o covil. Com Raphael como líder, Aldertree suspeitou dele depois de Simon aparentemente involuntariamente implicar que Raphael estava envolvido, pressionando Raphael para procurar Camille, que era de fato o responsável. Por Simon ter sido o responsável por causar problemas a ele, Raphael exigiu que ele encontra-se Camille,[11] particularmente através de sua conexão como um vampiro Transformado por Camille, já que a maioria dos outros vampiros que ela tinha gerado já tinham se virado contra Raphael.[8]

Simon aproximou-se do Alto Feiticeiro do Brooklyn, Magnus Bane, procurando ajuda para encontrar Camille. Juntos, eles se Transportaram para a casa de Camille na Índia, onde Simon finalmente aprendeu o encanto — realizando-o em uma cobra que o atacou e encontrou uma caixa selada que Magnus sugeriu que Simon mante-se. Magnus então disse a Simon que ele iria ajudá-lo, não só para procurar Camille mas apoiá-lo enquanto ele tentava se encontrar e descobrir onde ele pertencia.[11]

Raphael continuou a pressionar Simon, ameaçando inclusive a vida de sua mãe, para procurar Camille.[8] Quando Raphael descobriu sobre a caixa selada que ele tinha recuperado na Índia, ele revelou que continha o pó da sepultura de Camille, item capaz de convocar Camille até eles. Com Camille entregue a Clave, os dois vampiros conseguiram tirar Aldertree de suas costas, e Raphael parou de incomodar Simon sobre isso.[12]

Sentindo falta de sua mãe, Simon tentou voltar para casa com sua mãe, mas quando seu sangue reserva foi jogado fora por sua irmã, Simon sentiu-se forçado a finalmente dizer a Elaine sobre ser um vampiro. Embora ela não acreditasse nele no início, ela o pegou se alimentando de um rato por conta de sua sede.[13] Com medo de como ela poderia reagir, Simon chamou imediatamente Raphael, que a fez esquecer o que acabara de ver com um encanto.[14]

Simon apoiou Clary após a morte de Jocelyn,[13] e quando Luke desapareceu misteriosamente, procurou por ele mesmo quando sua matilha desistiu. Simon então conheceu um membro da matilha de Luke, Maia Roberts, que permaneceu leal a ele e continuou procurando por ele. Simon teve a ideia de que ele poderia estar em seu antigo local de acampamento, e juntos, eles foram para o bosque e o encontraram, em um estado em que mal controlava suas ações. Simon conseguiu acalmar Luke, impressionando mesmo Maia, com quem Simon se uniu quase imediatamente.[14]

Simon saiu com Maia uma vez — que começou como um encontro ruim por causa do inapropriado conselho amoroso de Jace — e Maia aconselhou-o a apenas dizer a Clary como ele se sentia sobre ela.[15] Com a súbita coragem e empurrão para fazê-lo, ele se encontrou com Clary e admitiu seu amor por ela. Clary retribuiu com um beijo, e o casal começou a namorar.[16]

Quando a vida de Clary foi posta em risco pela descoberta de que ela poderia ativar a Espada da Alma, Simon e Jace se juntaram para proteger Clary. Quando ela foi levada por Valentim, eles foram capazes de rastreá-la, mas Simon foi sequestrado ao tentar protegê-la.[17] Valentim usou-o como alavanca para atrair Clary para o Instituto, onde pretendia ativar a Espada da Alma. Valentim tornou as coisas mais urgentes ao cortar a garganta de Simon. Jace, sob a forma de Clary, o encontrou e deixou que ele bebesse seu sangue — sem que eles soubessem, Jace apenas lhe deu sangue puro de anjo.

Em seu caminho para destruir a Espada, eles encontraram Clary sendo forçada por Valentim a tocar a Espada. Simon e Jace intervieram, e depois de nocautear os guardas, e Valentim, Jace segurou a Espada, involuntariamente ativando-a em vez de destruí-la como eles esperavam que seu toque faria. Quando Submundanos invadiram o Instituto, Valentim empunhou a Espada e usou seu poder contra eles. Todos os Submundanos que estavam no Instituto foram mortos, exceto por Simon, surpreendendo-o e a Clary também. Mais tarde, enquanto lamentava as mortes dos Submundanos, incluindo Alaric, Simon se viu não perecendo sob a luz do sol. Embora ele ainda não soubesse o motivo, ele apressadamente contou a Clary puxando-a para fora em plena luz do dia, e os dois se beijaram alegremente pelas boas novas.[18]

Diurno

Não sabendo a verdadeira gravidade de sua habilidade de andar no sol, Simon felizmente abraçou sua nova vida, inscrevendo-se na NYU para sua graduação em música, enquanto ainda fazia contabilidade para sua mãe, como um começo. A notícia rapidamente se espalhou, atraindo inveja de outros Submundanos. Simon primeiro soube de Raphael que ele era o que é referido como Diurno, lendário e quase mítico, e Raphael tentou saber os detalhes da transformação de Simon, mas falhou.[19]

Simon ficou paranóico, pensando que Raphael tentaria tirar a informação dele a qualquer custo e decidiu se aproximar de Isabelle, a quem ele descobriu que estava vendo Raphael até recentemente. A abordagem de Isabelle envolveu fazer com que Raphael soubesse que Simon poderia chegar a sua irmã mais nova, uma senhora chamada Rosa, a qualquer momento – uma tática que simplesmente irritou Raphael. Raphael se transportou para o Jade Wolf com seus seguidores, em plena luz do dia, ao ouvir isso e ameaçou executá-lo quando Simon se escondeu ao sol, anunciando a quem não sabia que ele era um Diurno.[20] Essa revelação criou um seguimento de vampiros que queriam fazer parte do clã do Diurno, informando-o de uma lenda que profetizava sua chegada. Simon insistiu em não querer liderar um clã e os dispensou.[21]

Por um tempo, parecia que sua relação com Clary estava ficando firme. Quando Clary e Jace foram convocados para a Corte Seelie, Simon insistiu em acompanhá-los. A Rainha Seelie aceitou sua presença; sem o conhecimento dele, por causa de seu status de Diurno, a Rainha também tinha se interessado por ele e esperava que ele viesse com o par. Em particular, a Rainha estendeu um pedido de amizade e aliança, oferecendo-se para orientá-lo na música e ser tratado como realeza em sua Corte se ele se aliasse com ela em tempos obscuros contra os Nephilim. Simon insistiu que ele não era um grande negócio e evitou aceitar o pedido. A Rainha disse-lhe que esperaria, e advertiu-lhe que Caçadores de Sombras sempre escolheria a sua própria espécie ao invés dos Submundanos, ao qual ele negou emocionalmente.

Caminho Sombrio

Quando Simon tentou fugir da Corte com Jace e Clary, eles foram impedidos pela Rainha e suas vitis veritas – vinhas encantadas que apenas obedecem a ela. A partida deles havia sido impedida porque eles haviam matado inconscientemente seres da Corte: os mosquitos que estavam na árvore que eles passaram ao entrar na Corte mais cedo. A Rainha exigiu justiça e ordenou que suas videiras restringissem os corpos de Simon e Jace. Ela ofereceu para rescindir o chamado se eles, particularmente Clary, participassem de um jogo: eles seriam libertados se Clary tivesse o beijo que ela mais desejava. Clary passou a beijar Simon, mas não teve efeito; a Rainha informou-a de que ela podia mentir para si mesma, mas as videiras não foram enganadas, então Clary beijou Jace, que imediatamente libertou os dois. Devastado, Simon foi embora.[22] Clary tentou explicar sua situação a Simon, mas Simon reconheceu os persistentes sentimentos de Clary por Jace e terminou com ela.[23]

Simon eventualmente se recuperou com a ajuda de Maia,[24] a quem ele começou a namorar.[25][26] Enquanto isso, a Rainha continuou tentando convencer Simon a uma aliança e ele continuou a recusar.[27] Para chegar a ele, a Rainha sequestrou Maia, sob o pretexto de que era oferecer uma aliança a ela. Para libertar ela e Luke, Simon se rendeu aos termos da rainha. Em uma festa que comemorava sua vitória contra Valentim, Simon aproveitou a oportunidade para despedir-se sutilmente de Clary e Maia sem lhes dizer sobre o acordo dele com a Rainha, antes de retornar à Rainha para cumprir seu lado da barganha.[28]

Personalidade

Simon é inteligente e bonito de uma maneira não calculada. Ele é o primeiro a encontrar humor em qualquer situação, muitas vezes recorrendo a piadas para aliviar o humor, o nervosismo ou fazer uma referência. Ele é conversador quando está nervoso, o que ele muitas vezes é, e não hesita em mencionar essas coisas sobre si mesmo. Simon é despretensioso e auto-depreciativo, embora ele seja muito habilidoso com a música, além de ser um bom amigo para quem se aproxima dele.

Ele está disposto a colocar seus medos de lado para proteger aqueles que o estimam, expressando repetidamente medo ou falta de vontade de fazer algo apenas para seguir em frente quando ele percebe que ajudaria alguém com quem ele se preocupa. Ele prefere evitar conflitos a todo custo, mas não hesita em lançar-se na briga por causa de outra pessoa. Ele não é uma pessoa amarga e perdoa aqueles que ama rapidamente, embora seja mais difícil para ele esquecer se alguém ameaça ou machuca sua família.

Ele tem um bom relacionamento com sua mãe e irmã, bem como laços estreitos com sua herança judaica.

Competências e Habilidades

  • Sentidos aguçados: Após a sua transformação, sua visão melhorou para além 20/20 e já não precisava de óculos. Ele pode ver na escuridão completa, o cheiro de sangue de algumas jardas de distância, e ouvir comentários sussurrados de alguma distância com perfeita clareza.
  • Força sobre-humana: Após a sua transformação, Simon tornou-se mais forte, capaz de derrotar até mesmo Caçadores de Sombras, como jogar Raphael Santiago longe com facilidade.
  • Velocidade sobre-humana: Simon pode correr a velocidades comparáveis aos Caçadores de Sombras. Seus reflexos são igualmente elevados.
  • Encanto: Como um vampiro, Simon é capaz de hipnotizar Mundanos, embora ele não tenha usado essa habilidade ainda.
  • Imortalidade: Como um vampiro, Simon é imortal. No entanto, isso não o torna invencível; Ele é de fato propenso à morte pelo fogo, entre outros.
  • Imunidade ao sol: Depois de beber o sangue de Jace — um Caçador de Sombras com excesso de sangue de anjo puro — Simon tornou-se impermeável à típica fraqueza de vampiros para o sol e assim ganhou a habilidade de caminhar livremente à luz do dia. Seu sangue também o protegeu do poder da Espada da Alma.[18]
  • Lutador capaz: Simon demonstrou possuir bons instintos e reflexos nas lutas.
  • Músico habilidoso: Simon mostrou-se habilidoso em vários talentos musicais. Por exemplos: cantando, tocando guitarra e teclado.
  • Invencibilidade garantida pela Marca: Depois de ser marcado pela Rainha Seelie com uma marca misteriosa na testa, qualquer um que tenta ferir Simon é empurrado para trás por uma força forte e invisível.

Relacionamentos

Em Breve.

Aparições

Aparições da Primeira Temporada: 13/13
The Mortal Cup:
Aparece
The Descent Into Hell Isn't Easy:
Aparece
Dead Man's Party:
Aparece
Raising Hell:
Aparece
Moo Shu to Go:
Aparece
Of Men and Angels:
Aparece
Major Arcana:
Aparece
Bad Blood:
Aparece
Rise Up:
Aparece
This World Inverted:
Aparece
Blood Calls To Blood:
Aparece
Malec:
Aparece
Morning Star:
Aparece
Aparições da Segunda Temporada: 20/20
This Guilty Blood:
Aparece
A Door Into the Dark:
Aparece
Parabatai Lost:
Aparece
Day of Wrath:
Aparece
Dust and Shadows:
Aparece
Iron Sisters:
Aparece
How Are Thou Fallen:
Aparece
Love is a Devil
Aparece
Bound by Blood:
Aparece
By the Light of Dawn:
Aparece
Mea Maxima Culpa:
Aparece
You Are Not Your Own:
Aparece
Those of Demon Blood:
Aparece
The Fair Folk:
Aparece
A Problem of Memory:
Aparece
Day of Atonement:
Aparece
A Dark Reflection:
Aparece
Awake, Arise, or...:
Aparece
Hail and Farewell:
Aparece
Beside Still Water:
Aparece
Aparições da Terceira Temporada: 10/20
On Infernal Ground:
Aparece
The Powers That Be:
Aparece
What Lies Beneath:
Aparece
Thy Soul Instructed:
Aparece
Stronger Than Heaven:
Aparece
A Window Into an...
Aparece
Salt in the Wound:
Aparece
A Heart of Darkness:
Aparece
Familia Ante Omnia:
Aparece
Erchomai:
Aparece
Lost Souls:
Irá aparecer
Original Sin:
Irá aparecer
Beati Bellicosi:
Irá aparecer
A Kiss From a Rose:
Irá aparecer
To the Night Children:
Irá aparecer
Stay With Me:
Irá aparecer
Heavenly Fire:
Irá aparecer
The Beast Within:
Irá aparecer
Aku Cinta Kamu:
Irá aparecer
City of Glass:
Irá aparecer

Galeria

Veja mais aqui

Curiosidades

  • Uma piada sobre o show que foi levantada por alguns personagens é que Simon é sequestrado frequentemente.
  • Diferenças do livro:
    • Simon é cerca de dois anos mais velho do que o seu homólogo do livro e, em vez de ser um estudante do ensino médio, já está na faculdade.
    • Nos livros, Simon não é amigo de Maureen, uma fã e admiradora de Simon, e sua banda que consistia de 4-5 membros, enquanto Simon fazia parte dela.
    • Simon é transformado por Camille na série, enquanto nos livros é por Raphael.

Referências


Esta página utiliza conteúdo de uma página da The Shadowhunters on Freeform Wiki.
A lista de autores pode ser vista no histórico da página.