FANDOM


Outras versões
ALERTA DE SPOILER: Detalhes do enredo a seguir. Aconselhamos atenção!
Quando os tempos ficam escuros, as regras são o que nos liga à nossa humanidade.

–Luke para um desleal bando de lobisomens, Awake, Arise, or be Forever Fallen

Luke Garroway, nascido Lucian Graymark, é um detetive da NYPD, um ex-Caçador de Sombras e atual lobisomem, e o líder da Matilha de Nova York. Ele é uma figura paterna para Clary Fairchild, a filha de sua velha amiga e paixão Jocelyn Fray com seu ex-parabatai Valentim Morgenstern, e do amigo dela e novo submundano, Simon Lewis.

Biografia

Vida Pregressa

Luke foi um dia um forte e poderoso Caçador de Sombras que vivia em Idris. Ele era um membro do Ciclo, leal a sua melhor amiga Jocelyn, e seu parabatai, Valentim Morgenstern.

Quando as ideias de Valentim tornara-se mais radicais, Luke e Jocelyn tentaram desesperadamente e secretamente diversas maneiras de trazê-lo de volta. Durante este tempo, quando Valentim se afastou de ambos, ele e Jocelyn tornaram-se muito mais próximos e se apaixonaram, mas o par nunca demonstrou seus sentimentos por causa de seu amor por Valentim. No entanto, Valentim passou a suspeitar dos dois e acreditava que eles estavam tendo um caso. Valentim vingativamente levou Luke com ele em uma missão falsa, onde ele prendeu Luke em um edifício cheio de lobisomens que mais tarde transformaram ele.

Após o Ciclo ser palco da Ascensão, roubando o Cálice Mortal depois da batalha que matou vários Caçadores de Sombras e Submundanos, Luke confrontou Valentim, que o chamou de abominação e lhe disse que ele deveria ter se matado em vez de permitir que a transformação ocorresse. Pouco antes de Valentim conseguir matar Luke, Jocelyn chega e o salva, permitindo que ele fuja. Luke não viu Jocelyn por um tempo depois disso o que fez com que ele acreditasse que Valentim tivesse matado ela.[2]

Depois de se reunir com Jocelyn em Nova York, tornou-se membro honorário da família Fray, agindo como um pai para a jovem filha de Jocelyn, Clary, e seu melhor amigo Simon.

Caçada pelo Cálice

Em 2016, Luke e seu parceiro Alaric começaram a investigar uma série de assassinatos demoníacos, que eles sabiam que de alguma forma estavam ligados ao Mundo das Sombras. Ele e Alaric tentaram encobrir o caso para evitar que os mundanos, especialmente sua chefe Capitã Vargas, percebessem sua natureza sobrenatural.

Quando os membros restantes do Ciclo vieram para Nova York e encontraram Jocelyn, Luke era a sua próxima parada. Luke insistiu que ele não sabia onde o Cálice Mortal estava, e, em um esforço para se livrar deles, bem como para dissuadi-los de procurar Clary, disse-lhes que ele não se importava com elas e que só estava por perto para obter o Cálice para os lobisomens. Sem que ele soubesse, Clary estava na estação e ouvia tudo.[3]

Chegando ao apartamento dos Frays no dia seguinte, ele encontrou sua loja e sua casa saqueada, e o quarto de Clary queimado. Ele pegou as coisas de Clary e Jocelyn para protegê-las e guardar as coisas na estação. Enquanto isso, Luke estava sob pressão da Matilha para encontrar Clary e o Cálice. Ao mesmo tempo, seus superiores no recinto tinham-no sob o vigia porque os membros do Ciclo que o interrogaram apareceram mortos, e eles achavam que os interrogados eram testemunhas que Luke trouxe para entrevistar; Enquanto Luke matou um enquanto tentava descobrir os planos de Valentim, o outro foi de fato morto pelo Caçador de Sombras Jace Wayland.[4]

Ele perdeu o contato com Clary, que ainda acreditava que Luke não se importava com eles. Quando Luke não pôde contatar seu parceiro, Alaric Rodriguez, ele suspeitou que a Matilha tinha começado a perseguir Clary e rastreou seu carro. Ele encontrou Clary aprisionada em um contêiner de carga no cais. Clary tentou afastá-lo, mas Luke era muito forte e rápido para ela e ele a levou. Os outros membros do matilha, sob a liderança de Theo, bloquearam seu caminho. Para proteger permanentemente Clary, Luke lutou contra Theo, desafiando oficialmente sua liderança. Ele matou Theo, fazendo dele o novo alfa da matilha, mas a batalha o deixou gravemente ferido depois que ele foi mordido por Theo — a mordida de alfa é venenosa e tinha efeitos fatais.[5]

Luke tornou-se acamado durante horas sofrendo os efeitos negativos da mordida. Clary e os outros o levaram para o Alto Feiticeiro do Brooklyn, Magnus Bane, e o feiticeiro o ajudou a se recuperar com suas poções e magia até que finalmente acordou. Luke finalmente contou a Clary sobre seu passado com Jocelyn e Valentim. Depois de finalmente revelar que ela tinha um irmão que morreu em um incêndio, parte da memória de Clary foi desbloqueada e ela percebeu que o Cálice foi provavelmente escondido na Carta de Tarô Ás de Copas que fazia parte do baralho que Jocelyn desenhou para Dot.[2]

Com a carta entre as coisas que Luke levou da casa dos Fray e escondeu em sua mesa na delegacia, as coisas se complicam com a chegada de Ned Fisk, um agente enviado para investigar a conexão de Luke com os assassinatos demoníacos e as mortes das "testemunhas". Luke não conseguiu recuperar a carta, então Clary e Jace entraram para roubar a carta da sala de provas. Mais tarde, sua chefe e amiga Susanna Vargas foi morta na delegacia. Enquanto ele foi suspeito por um tempo, ele foi deixado de lado já que tinha um álibi sólido durante a época da morte de Vargas.[6]

Salvando Jocelyn

Quando o melhor amigo de Clary, e bom amigo de Luke, Simon Lewis foi transformado em um vampiro, Luke deu-lhe algumas dicas para ajudá-lo a se ajustar a sua nova vida, ao mesmo tempo, assegurando Clary — que decidiu fazer Simon se transformar completamente em vez de deixá-lo morrer — que isso não significaria o fim da vida de Simon.

Com Luke agora sendo o líder da matilha, ele tinha recursos adicionais devido ao seu controle sobre os lobisomens em Nova York. Ele concordou em ajudar os Nephilim em seu plano de deixar Meliorn escapar da custódia da Clave, embora o plano envolvesse vampiros, que não se dão bem com os outros, especialmente lobisomens. No final, eles ainda conseguiram trabalhar juntos e distrair os Caçadores de Sombra tempo o suficiente para libertar Meliorn.[7]

Enquanto isso, Simon ajudou a tirar a policia de seu encalço. Enquanto Luke e os outros sabiam que os "assassinatos demoníacos" tinham sido feitos por Valentim, os mundanos ainda não sabiam, e Luke tornou-se um suspeito principal devido às suspeitas de Fisk. Para fechar o caso, Luke mandou Simon fingir ser um serial killer. Eles sequestraram Fisk, e Luke atirou em Simon. Por Simon ser um morto-vivo e, embora ainda vivo, não tivesse nenhum pulso, o caso foi fechado com a opinião de que o assassino estava morto.[8]

Enquanto isso, com o carta escondida no Instituto, seu objetivo mudou, principalmente para salvar Jocelyn de Valentim. Valentim, sob a forma de Michael Wayland, enganou Jace, Clary e Luke para ir a Renwick, onde encontraram Jocelyn, mas foram confrontados por Valentim, que haviam mudado de forma de volta para a forma de Michael. Valentim tentou levar o Cálice, mas Clary o enganou dando-lhe uma falsificação. Embora Valentim pode escapar, o corpo de Jocelyn foi deixado para trás, permitindo que o grupo a levasse de volta ao Instituto.[9]

Foi pouco antes que o grupo obtivesse a cura: um feitiço do Livro Branco que, depois do livro ter sido recuperado, Magnus Bane realizou para eles. Jocelyn foi despertada, e Luke se reuniu com ela finalmente.[10]

Grande Perda

Depois que Valentim levou Jace, Victor Aldertree chegou e tomou o controle do Instituto de Lydia Branwell. Um de seus primeiros atos foi proibir Submundanos no Instituto, incluindo Luke, apesar de sua lealdade e status como um antigo Caçador de Sombras. Apesar disso, ele, Jocelyn e Clary permaneceram em contato. Luke também levou Simon, que até então estava hospedado no Instituto. Ele deixou que ele ficasse no Jade Wolf, embora os lobos residentes se recusarem a ficar perto do vampiro, e expulsaram o menino do local para dentro de onde eles guardavam barcos.[11]

Quando Jocelyn foi transferida para Idris, a decisão de se juntar a ela era simples para Luke, apesar das amargas experiências de sua terra natal. O plano não se concretizou, no entanto, devido à morte prematura de Jocelyn nas mãos de um demônio despachado por Valentim.[12] Luke não conseguiu assistir a seu funeral por causa da proibição permanente da Aldertree sobre Submundanos no Instituto.[13]

O sofrimento da perda de Jocelyn tornou-se tão esmagador para Luke que ele perdeu o controle de sua licantropia. Luke mudou contra sua própria vontade e foi incapaz de controlar suas ações enquanto estava em sua forma de lobo. Enquanto sua matilha, que tinha começado a duvidar das lealdades e das prioridades de Luke devido à sua ausência e constante preocupação com Clary e Jocelyn, desistiu de procurá-lo, Simon e Maia continuaram preocupados e partiram para rastreá-lo. Eles o encontraram no bosque onde ele costumava acampar com Clary e Simon quando eram jovens, e Simon conseguiu conversar com ele e acalmar suas emoções o suficiente para fazê-lo recuperar o controle e mudar de volta.[14]

Quando a notícia do efeito da Espada da Alma nos Submundanos se espalhou, Maia tomou para si a responsabilidade para tentar matar Clary, sabendo que seu sangue angelical poderia ativar a espada e dizimar sua espécie. Luke não permitiria que ela ou o resto de sua matilha a machucassem, criando outra fenda entre ele e seus seguidores.[15] Em vez disso, Luke concentrou-se em ajudar os Caçadores de Sombras a recuperar a espada de Valentim como forma de impedir a queda deles.

De uma visão dada a Clary e Jace por um anjo, eles acreditavam que Jace com seu sangue demoníaco poderia destruir a espada, e então ele ajudou Jace a chegar ao Instituto para tentar fazê-lo. Percebendo que eles poderiam ser severamente superados em número, recrutou a ajuda de fadas e vampiros para invadir o Instituto e matar Valentim. Enquanto Jace entrou no Instituto à frente deles, ele e os outros Submundanos esperaram por seu sinal. Sem o conhecimento deles naquela época, Jace na verdade tinha sangue de anjo e acidentalmente ativou a espada – o oposto do resultado desejado. Luke, Maia e Meliorn foram deixados para trás para enfrentar um membro do Ciclo que os atacou e não fazia parte do grupo que imediatamente invadiu o Instituto – o grupo que morreu depois que Valentim usou a espada ativada neles.[16]

As mortes de mais da metade de sua matilha provocaram distúrbios entre os membros restantes. Russell, em particular, começou a desafiar a liderança de Luke e causou uma espécie de motim, encorajando os outros a transformarem mundanos para reforçar seus números da matilha. Luke recusou o desafio de Russell para a liderança da matilha, levando finalmente Russell e um grande número de membros da matilha restantes a sair e formar sua própria matilha. Enquanto isso, Luke continuou a pressionar a destruição da Clave ou a morte de Valentim como forma de provar que os Caçadores de Sombras se preocupam o suficiente com o Submundo para impedir que algo parecido com o massacre mais recente ocorra novamente.[17]

Lado Vencedor

Com a morte de seu parceiro Alaric no cerco do Instituto, Luke recebeu um novo parceiro, a novata Ollie. Sem seu conhecimento, Ollie estava escondida secretamente e observava cada movimento dele.[17]

Quando um mundano chamado Bat foi transformado por Russell como parte de seu movimento para aumentar o número de lobisomens, Luke deixou Bat recém-Transformado aos cuidados de Maia enquanto ele enfrentava Russell. Ele finalmente aceitou o desafio de Russell de uma batalha até a morte pela liderança da matilha, e mesmo Luke tendo vencido Russell, ele não o matou. Luke recuperou o respeito dos outros membros da matilha e o controle da matilha, proclamando a todos os lobisomens que submetessem novamente sua fidelidade a ele, que eles não deveriam mais estar de acordo com os velhos hábitos; que ele estará estabelecendo regras novas e mais humanas.[18]

Personalidade

Luke prefere resolver problemas conversando sobre eles ao invés de encorajar conflitos e arriscar o derramamento de sangue, bem como investigar adequadamente antes de tomar decisões precipitadas. No entanto, ele não hesita em enfrentar adversários e em punir aqueles que cruzam uma linha, mesmo que eles signifiquem algo para ele.

Sendo Alfa de sua matilha, Luke mantém um ar de autoridade e controle. Ele também tem instintos paternos com os Submundanos mais jovens, tendo guiado vários para se encontrarem, e cuida de Clary e Simon como uma figura paterna.

Ele fica irritado por pessoas cutucando o nariz onde não deveriam, e quando as pessoas arriscam a vida dos outros sem pensar. Luke irá recorrer à força se isso significa impedir que alguém faça algo com quem ele discorda, ou acredita que irá colocar muitos em risco.


Competências e Habilidades

  • Licantropia: Como um lobisomem, Luke possui a capacidade de se transformar em um lobo. Ele também mantém a força e velocidade aumentadas, movimento gracioso, e cura acelerada, quer enquanto em sua forma humana ou quando transformado.

  • Pontaria: Como um detetive da polícia, Luke tem uma excelente visão e pontaria com a arma.
  • Especialidade em combate corpo-a-corpo: Luke é altamente qualificado em combate desarmado.

  • Fisiologia Nephilim: Quando era Nephilim, Luke possuia uma variedade de capacidades físicas e mentais melhoradas concedidos a ele pelo sangue do anjo Raziel em suas veias e também pelas marcas angelicais do Livro Gray. Ele também tinha o poder de realizar tarefas exclusivas para a espécie, como a capacidade de usar e chamar o poder dos anjos para as lâminas serafim. Isso inclui maior força, velocidade, agilidade, resistência e coordenação, que melhora ao longo do tempo e prática.
  • Magia Rúnica:Como um ex- Caçador de Sombras, Luke já foi capaz de usar runas, que lhe concedia várias habilidades sobre-humanas e outros efeitos variados que serviam para beneficiar o utente. Desde que se tornou um Submundano, no entanto, as marcas Nephilim em seu corpo perderam seus efeitos, e Luke não pode mais suportá-las.
  • Esgrima: Luke era eficiente na arte da luta com espadas.

Aparições

Aparições da Primeira Temporada: 12/13
The Mortal Cup:
Aparece
The Descent Into Hell Isn't Easy:
Aparece
Dead Man's Party:
Ausente
Raising Hell:
Aparece
Moo Shu to Go:
Aparece
Of Men and Angels:
Aparece
Major Arcana:
Aparece
Bad Blood:
Aparece
Rise Up:
Aparece
This World Inverted:
Aparece
Blood Calls To Blood:
Aparece
Malec:
Aparece
Morning Star:
Aparece
Aparições da Segunda Temporada: 19/20
This Guilty Blood:
Aparece
A Door Into the Dark:
Aparece
Parabatai Lost:
Aparece
Day of Wrath:
Aparece
Dust and Shadows:
Aparece
Iron Sisters:
Aparece
How Are Thou Fallen:
Aparece
Love is a Devil
Aparece
Bound by Blood:
Aparece
By the Light of Dawn:
Aparece
Mea Maxima Culpa:
Aparece
You Are Not Your Own:
Aparece
Those of Demon Blood:
Aparece
The Fair Folk:
Aparece
A Problem of Memory:
Aparece
Day of Atonement:
Aparece
A Dark Reflection:
Somente mencionado(a)
Awake, Arise, or...:
Aparece
Hail and Farewell:
Aparece
Beside Still Water:
Aparece
Aparições da Terceira Temporada: 10/20
On Infernal Ground:
Aparece
The Powers That Be:
Aparece
What Lies Beneath:
Aparece
Thy Soul Instructed:
Aparece
Stronger Than Heaven:
Aparece
A Window Into an...
Aparece
Salt in the Wound:
Aparece
A Heart of Darkness:
Aparece
Familia Ante Omnia:
Aparece
Erchomai:
Aparece
Lost Souls:
Irá aparecer
Original Sin:
Irá aparecer
Beati Bellicosi:
Irá aparecer
A Kiss From a Rose:
Irá aparecer
To the Night Children:
Irá aparecer
Stay With Me:
Irá aparecer
Heavenly Fire:
Irá aparecer
The Beast Within:
Irá aparecer
Aku Cinta Kamu:
Irá aparecer
City of Glass:
Irá aparecer
Alliance:
{{{21}}}
All Good Things...:
{{{22}}}

Galeria

Veja mais aqui

Curiosidades

  • A versão de Luke na dimensão alternativa é uma referência a profissão de Luke nos livros.
  • Diferenças do livro:
    • Luke é um detetive, ao contrário de ser um dono de livraria nos livros.

Referências

Esta página utiliza conteúdo de uma página da The Shadowhunters on Freeform Wiki.
A lista de autores pode ser vista no histórico da página.